quarta-feira, 17 de outubro de 2012

GALO ÌNDIO GIGANTE VIRA ATRAÇÃO NA FESTA DO BOI

Um estande na 50ª edição da Festa do Boi, no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim vem atraindo a atenção dos visitantes. Trata-se do estande da Fazenda Califórnia, de Camaragibe, em Pernambuco, que este ano trouxe cerca de 4 mil aves, entre pintinhos, gansos, galos e aves ornamentais. Porém, a estrela tem sido mesmo o galo índio gigante, que pode atingir um metro e pesar até 6 quilos.

O galo e as demais aves raras foram trazidas para Parnamirim pelo criador Roberto Lins de Oliveira, da Fazenda Califórnia, Estrada de Aldeia, Km12, em Pernambuco. “Trabalhamos com aves ornamentais e as utilitárias para postura e carne. Mas, o nosso campeão de vendas é mesmo o galo índio gigante, geralmente adquirido para fazer o cruzamento com a galinha caipira e a capoeira”, explicou o criador.

Roberto Oliveira explica que o Galo Índio Gigante é uma ave rústica, ideal para quem deseja melhorar o plantel das caipiras, obtendo aves maiores, mais rústicas e mais saborosas. Ao contrário do que se imagina, essa espécie não vem da Índia, mas foi desenvolvida em diversos locais do Brasil, sendo um deles da Fazenda Califórnia. “Temos estudos de pesquisas genéticas para diversificar os nossos reprodutores e matrizes, evitando a consanguinidade. São mais de 30 de trabalho na Fazenda Califórnia”, disse o criador.

Outra ave exposta na Festa do Boi é a Cochin Perdiz, de origem chinesa. A espécie chega a por 120 ovos, de casca marrom, com 53 gramas cada. E a Sedosa do Japão. Sua plumagem parece pelos. Põe 20 ovos em nove períodos do ano e depois da postura, demora 21 dias para nascerem os pintinhos. Quem visitar a Festa do Boi poderá se deparar ainda com a Brahma Light, Faisão Canário, Gansos; galinha New Hampshire, Rhodes Island, entre outras.
Blog do Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário