quinta-feira, 28 de agosto de 2014

PROFESSOR PASSA MAIS DE SETE HORAS RAPTADO POR QUADRILHA EM MOSSORÓ

Na noite da terça-feira (26), um professor de 24 anos foi raptado por uma quadrilha no centro da cidade de Mossoró. Ele foi obrigado a permanecer deitado no assoalho de seu carro por mais de sete horas e só foi liberado na madrugada de ontem, quando o dia já vinha amanhecendo.

O caso foi denunciado pela vítima na 1ª Delegacia da Polícia Civil, onde foi feito um Boletim de Ocorrência e o rapto será investigado pelo delegado Anderson Tebaldo, titular da DP. De acordo com as informações do professor à polícia, por volta das 21h30 ele trafegava pela rua 30 de Setembro quando teve seu veículo interceptado por quatro elementos em duas motocicletas.

Os criminosos renderam o professor e mandaram ele passar para o banco traseiro do carro, onde ficou sob a mira de uma arma de um dos bandidos, enquanto outro dirigia o carro que era escoltado por outros dois comparsas em duas motos.

Os bandidos exigiam dinheiro e cartões de crédito para fazerem saque ou compras. O professor disse que durante o tempo que esteve refém era ameaçado de morte constantemente caso denunciasse o fato à polícia.

Por volta das 4h40, quando o veículo começou a faltar combustível, o professor foi abandonado dentro do carro na RN-117, saída para o município de Governador Dix-sept Rosado. Os criminosos levaram R$130,00 dele e três cartões de crédito com as senhas.
O Mossoroense

Nenhum comentário:

Postar um comentário