sexta-feira, 12 de junho de 2015

SEMARH ASSEGURA ORÇAMENTO PARA CONCLUSÃO DA ADUTORA ALTO OESTE

O secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França, conseguiu assegurar, na tarde de quarta-feira (10), em Brasília, o orçamento para conclusão das obras do sistema adutor do Alto Oeste.

Numa reunião com o Secretário Nacional de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração, Osvaldo Garcia, e com técnicos do Ministério do Planejamento, Mairton apresentou o novo plano de trabalho e justificou o remanejamento dos recursos que faltavam para conclusão da obra. “Apresentamos os dados técnicos que faltavam para o remanejamento da verba e protocolamos todos os documentos necessários para a análise, por parte do ministério” disse o secretário.

“O secretário Oswaldo Garcia assegurou que o repasse financeiro será feito ainda este mês e que até o final dessa semana ficaremos sabendo o dia dessa transferência”. De acordo com o secretário,assim que o repasse for feito já será dada a ordem de reinício, pois, de acordo com ele, a empresa responsável pela obra, a EIT, já está mobilizando sua equipe e fazendo a aquisição da tubulação necessária.

“A previsão para o término do sistema é de 3 a 4 meses, contando a partir do seu efetivo reinício. Essa adutora vai minimizar bastante as dificuldades causadas por esse longo período de estiagem, para ter idéia do impacto positivo, ela vai permitir que dez municípios, do Alto Oeste, saiam da situação de colapso e outros três saiam do sistema de rodízio” ressaltou Mairton.

A adutora do Alto Oeste vai abastecer 26 municípios da região, beneficiando com água de qualidade 208 mil pessoas. As obras se estendem por 366 quilômetros, a partir das barragens de Santa Cruz de Apodi e do açude de Pau dos Ferros.

Com água da barragem de Santa Cruz serão beneficiadas as cidades de Itaú, Rodolfo Fernandes, Tabuleiro Grande, Riacho da Cruz, Umarizal, Olho D’água dos Borges, Lucrécia, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias.

Já com a água do açude de Pau dos Ferros serão beneficiadas as cidades de Luís Gomes, São Francisco do Oeste, Rafael Fernandes, Marcelino Vieira, Pilões, Alexandria, Tenente Ananias, Riacho de Santana, Água Nova, José da Penha, Major Sales, Paraná e Pau dos Ferros. Inicialmente a obra também atenderá 66 comunidades rurais na bacia do alto e médio Apodi.

DeFato

Nenhum comentário:

Postar um comentário