terça-feira, 28 de julho de 2015

"DOA A QUEM DOER", DIZ PROMOTOR SOBRE OPERAÇÃO NA CÂMARA DE APODI

Após ter sido questionado sobre a maneira como cumpriu o mandato de busca e apreensão de documentos na Câmara de Vereadores de Apodi, o promotor de Justiça Silvio Brito emitiu nota de esclarecimento à população.

O promotor está sendo acusado de abuso de poder, por que teria arrombado portas e gavetas desnecessariamente, com o auxílio da Polícia Militar, para ter acesso aos documentos.

Em nota, Silvio Brito diz que nenhum abuso foi cometido e que apenas cumpriu o que está expressamente autorizado pelo Código de Processo Penal - CPP e pelo mandado judicial expedido pelo Poder Judiciário.

Veja a nota AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário