sexta-feira, 21 de agosto de 2015

PREFEITO ANAX VALE FALA SOBRE CONFLITO DE TAXISTAS ALTERNATIVOS COM GUARDA CIVIL DE MOSSORÓ

Anax Vale, prefeito de Governador Dix-sept Rosado (Foto: Wilson Moreno)
Anax Vale, prefeito de Governador Dix-sept Rosado
(Foto: Wilson Moreno)
Após o conflito envolvendo taxistas alternativos de Governador Dix-sept Rosado e a Guarda Civil de Mossoró – protesto que movimentou o município vizinho nesta quinta-feira (20) – o Prefeito de Governador Dix-sept Rosado, Anax Vale, se pronuncia a respeito do episódio e afirma que vai “tomar as medidas cabíveis”.

Através de áudio o prefeito afirma: “Observei que hoje [ontem] pela manhã, houve um abuso praticado pela Guarda Civil de Mossoró, que estava fora de sua jurisdição e não podia atuar no Município de Governador. Assim como também um excesso por parte de alguns integrantes da Polícia Militar. Quero dizer a todos que a prefeitura de GDSR vai tomar as medidas cabíveis nesse caso”, afirmou o prefeito Anax Vale.

Para o prefeito Anax Vale, é necessário estender essa discussão junto aos outros prefeitos da região: “Acredito que o diálogo, o respeito às instituições e às pessoas, a calmaria e o debate saudável de idéias, estes sim, podem levar à resolução de muitos problemas. Do contrário, todos terão prejuízo como o que houve em nossa cidade. Estou à disposição da categoria dos alternativos de Governador Dix-sept Rosado e de antemão já conversei com o Prefeito Francisco José Júnior e solicitei que o mesmo marcasse uma reunião com os prefeitos de todas as cidades envolvidas nessa problemática, o que fui prontamente atendido”, esclareceu o Prefeito.

Através de nota, o prefeito Francisco José Júnior esclarece:

“Liguei para o colega Anax para falar sobre este assunto ainda ontem, expliquei os pontos e ele foi bastante compreensivo. Já havíamos falado sobre esse assunto antes e nos comprometemos a nos sentar para continuar o diálogo. Porém, é preciso explicar que essas mudanças são necessárias para organizar o trânsito e a mobilidade de Mossoró. Enfatizo que, ao contrário do que estão dizendo, os táxis intermunicipais não estão proibidos de entrar na cidade. Eles não só podem entrar, como podem deixar os passageiros em qualquer ponto, a única coisa que ficou acertada no acordo com os próprios taxistas é que eles ficarão em um dos quatro pontos esperando lotação. Acho que essa medida é justa e não prejudica a atividade desses trabalhadores, além de favorecer os nossos táxis, mototaxistas e ônibus. Quero ainda esclarecer que pessoas com veículos de placa cinza não podem transportar passageiros de aluguel. Isso não é permitido por lei e nós não podemos abrir exceção em casos como esses”.


Gazeta do Oeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário