sexta-feira, 21 de agosto de 2015

TAXISTAS DE AREIA BRANCA PEDEM APOIO DA CÂMARA E DO DEPUTADO SOUZA

Deputado Souza e vereadores de Areia Branca_1
Mais de 80 taxistas do município de Areia Branca, que são da Associação dos Taxistas de Areia Branca [ATABA], pediram o apoio dos vereadores e do deputado estadual Manoel Cunha Neta, [PHS], “Souza”, para ajudá-los no impedimento de poder circular na cidade de Mossoró com seus veículos, transportando seus passageiros.
 
Primeiro, os taxistas areiabranquenses haviam organizado um protesto nas proximidades da entrada para a praia de Upanema, o que impediria a entrada e saída de veículos na cidade de Areia Branca. Porém, ao iniciar a conversa com os vereadores e o deputado Souza, o parlamentar solicitou dos taxistas que evitassem qualquer tipo de protesto antes que ele tenha um diálogo com o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior [PSD].
 
“Nós queremos trabalhar, não somos bandidos. A maior dos nossos passageiros são pessoas que vão para o médico, são pessoas carentes que na maioria das vezes não tem o dinheiro da passagem. Aí vocês imaginem, uma pessoa sair daqui direto para o médico, sem o dinheiro, e quando chegar em Mossoró, como é que ela vai se deslocar? Pelo amor de Deus, isso é falta de bom senso”, disse Luiz Porfírio “Lulu Cebola”, vice-presidente da ATABA.
 
O vice-presidente da ATABA também criticou a falta de apoio por parte da prefeita municipal, que por seis vezes já tentou manter conversa, “e até hoje ela sequer nos recebeu. Por isso, que estamos solicitando, mais uma vez, o seu apoio, deputado Souza, que sempre nos apoiou quando prefeito”, disse.
 
Os vereadores e o deputado manifestaram apoio aos taxistas e se comprometeram em buscar entendimento com o prefeito de Mossoró. “Volto a pedir, antes que tenhamos uma conversa com o prefeito, não realizem protestos, vamos buscar o entendimento que será o melhor para todos”, disse Souza.
 
MULTAS
 
Os taxistas reclamaram ainda que muitos deles já foram multados e não cometeram qualquer tipo de infração. “Estão praticando injustiças contra nós taxistas, que estamos transportando pessoas para fazer compras, para se consultar, enfim, para deixar dinheiro em Mossoró, e somos penalizados por isso. Será que isso é justo”?, indaga Lulu Cebola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário